Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Ser-se Mulher

Ser mulher não é sofrer, não é sair magoada, não é ser rejeitada. Não nos resumimos a um desejo carnal nem a uma loucura correspondida no primeiro encontro. Somos a face intelectual de um homem, o vértice sentimental que eles procuram e a humanidade que eles precisam. Se, por vezes, somos o descarte do seu passado, certamente que ocuparemos a certeza do seu futuro. Não somos dependentes de um possível público alvo, somos autênticas, sabemos ser nós mesmas. Ser-se mulher é ser-se paciente, é acreditar no alinhamento dos astros, na intuição de sermos felizes com quem nos oferece reciprocidade. Ser-se mulher é encarnar um furacão sentimental e uma eterna ânsia de correspondência com o mundo. Isso não é ser carente, é querermos conhecer-nos a nós próprias porque o caminho de volta a nós mesmos só é trilhado pela passagem de muitas pessoas na nossa vida. Ninguém sabe nada sobre si próprio se viver em eterna solidão, porque o debate surge no nicho humano, a aprendizagem nasce do confronto …

Mensagens mais recentes

O capítulo da Tese de Mestrado

Um furacão chamado 2018

A beleza do fracasso

Divergência sentimental

Desconexão com o mundo

Telhal 2018

Não existe amor próprio

PLATÓNICO

Conquista-me

(in)temporal

De encontro marcado com a Natureza

A Era do nada

Espontâneo

Tempo: o gerador da utopia