sábado, 31 de dezembro de 2016

Um brinde a 2017


Relembra os momentos de tristeza e dor e a forma convicta e única como os ultrapassas-te, relembra quem fez de ti prioridade e ficou para te abraçar quando todos os outros foram embora, relembra aqueles momentos que te vêm logo à cabeça porque muitas vezes os mais singelos são os mais especiais, relembra os pequenos passos de concretização que foste superando porque cada um deles te levou ao auge onde chegaste, relembra aquele pedido de desculpas sincero por parte de ti e dos outros e admira a beleza que existe na humildade de assumir um erro, admira aquela palavra que preferiste omitir para não ferir alguém e que te fez perceber que o amor e a amizade implica sempre proteção, relembra aquela risada que te fez doer a barriga e acreditar que um sorriso tem sempre lugar na nossa rotina turbulenta, relembra aquela aula a que chegaste atrasado porque feliz é de quem se mantém ocupado a lutar pelos seus sonhos, relembra aquela preguiça ao sair da cama todos os dias de inverno porque é sinal que tiveste tantas noites quentes e reconfortantes, relembra todas as discussões insignificantes porque é sinal de que não tinhas um motivo maior para complicar a tua vida, relembra aqueles que desabafaram contigo e procuraram em ti um abrigo, relembra aquele abraço apertado quando tu mais precisaste, relembra quem te fez rir quando tudo em ti queria desmoronar, relembra os conselhos repetitivos dos teus pais porque é sinal que existe alguém a zelar por ti, relembra os teus atos voluntários porque é a prova de que existe humanidade dentro de ti, admira as tuas vaidades e os teus caprichos porque são eles a prova de que te valorizas, relembra o doce que deixaste de comer, a corrida matinal que te obrigaste a fazer ou o cigarro que deixaste de fumar porque isso é a prova da tua força de vontade, admira todas as vezes em que tiveste necessidade de olhar para o céu e pensar em vão sobre a vida porque é sinal de que valorizas a paz e, acima de tudo, admira todas as promessas que fizeste e cumpriste, porque a vida não se vive na teoria, mas na prática. 
Sê feliz. Apenas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Um comentário vale mais que mil palavras! Thanks :)