terça-feira, 31 de dezembro de 2013






Passou mais um Natal repleto de bons momentos, afinal estar em família é das melhores coisas do mundo. Aquela luzinha que nos brilha nos olhos, aquela magia no sorriso, aquela felicidade que, apesar de vã, nos ensina o gosto pela vida, sabem? Ela não apareceu... avizinha-se um ano em que a distância vai, novamente, existir de forma fria e repugnante, o medo de uma ausência permanente vai consumir-me fortemente até que o meu coração páre de bater, e assim é impossível a felicidade genuína aparecer. E, agora, encontro-me pousada sobre a minha própria melancolia, a colher esperança em cada molécula de ar e a olhar para o pouco sol que bate nas flores, no fundo não estou à espera de um novo ano, estou só à espera de mais um dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Um comentário vale mais que mil palavras! Thanks :)