sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Partida...

Já passa da meia noite e, como todos os dias, não fujo à rotina dos pensamentos. A ansiedade domina-me e prende-me no calendário, no dia 9 de Setembro. Olho para a mala de viagem que comprei e vejo nela espelhada o meu futuro próximo, ao qual quero fugir quem nem louca. Preciso de mais anos de infância, de inocência, de preparação, de experiência, de ponderação! Preciso do meu presente e do meu passado. Preciso que o futuro se reduza a pó e vá morar para lugares mais longínquos que o próprio significado que lhe atribuem. Estremeço sempre que penso em horários, as pupilas dilatam-se sempre que imagino transportes públicos, o corpo fica frio quando por momentos me torno na futura pessoa solitária num quarto distante e inquietante, quase fico sem ar no momento em que ofereço impressões digitais carinhosas às fotos que vou levar comigo e o mundo cai-me nas mãos quando soletro aquela palavra, aquele nome que existe em carne e osso e que faz parte de mim...

2 comentários:

  1. parece que me leste os pensamentos ahahahahahaha ;)
    respondi-te no outro post.
    kiss,tati

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então ainda bem que te identificas :)

      Beijinhos!

      Eliminar

Um comentário vale mais que mil palavras! Thanks :)