sexta-feira, 11 de maio de 2012

Marketing

Sabem aqueles momentos em que os nossos olhos brilham quando vemos algo que adoramos à venda? E conseguem imaginar uma mulher com um riso falso a vir em direção a vocês? E conseguem ainda acreditar que comigo todas elas inventam que têm precisamente o que vou comprar, referindo (obviamente) que é um excelente artigo? Pois, pois, conversa da marketing. Aquela simpatia extrema e aquela amabilidade longe de ser genuína dão comigo em doida. Ou é porque uns sapatos são confortáveis, ou porque uma camisa assenta bem na cintura ou ainda pelo lenço condizer perfeitamente com os olhos e tom de pele, tretas! E o que mais me aborrece é venderem-me uns sapatos e depois prenderem-me os olhos aos mil e um sprays que me querem impingir para conservar a cor deles. Que queremos ser bem recebidos, isso queremos todos. Mas sairmos de uma loja entediados por ouvir a frase: quer este? e este?, não me parece animador. 

1 comentário:

  1. Não poderia estar mais de acordo. Às vezes o exagero é tal que a nossa vontade é mesmo não lá voltar.
    Beijinhos:)

    ResponderEliminar

Um comentário vale mais que mil palavras! Thanks :)