quarta-feira, 23 de maio de 2012

Humores

Envolta em tédio, é como posso definir os meus humores. Tédio pelo stress dos testes, pela pressão dos exames, pelo cansaço acumulado, pelo desespero de saber que no dia seguinte me esperam novas horas sentadas numa cadeira gasta (não tão gasta como eu!), me esperam umas olheiras mais cavadas e profundas que no dia anterior, me esperam novos desefios, me espera mais pó de giz (tão pálido quanto eu), mais sono, menos energia, menos inovações e mais um papel em que interpreto uma estatueta de cera. Acho incrível como a estatística usa os estudantes deprimidos como escravos, como ainda assim a beleza das médias se faz à custa dos que não dormem, como se está a formar uma sociedade de jovens tão dependentes de comprimidos como os idosos. É assim que nos querem impôr o interesse pela escola? Será com este aspeto corcunda que vamos "dominar" o mundo? Duvido.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Um comentário vale mais que mil palavras! Thanks :)