sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Fui-me a baixo outra vez...

1190476068_largeGostava tanto de ser forte o suficiente para carregar este fardo. Quando pensamos que está tudo a correr razoavelmente bem, temos uma recaída... Quero esquecer este assunto, ainda que o sentimento perdure. Sonhos, pesadelos, até aqui isto insiste em me atormentar. Não quero que os que me rodeiam tenham pena de mim e que me tentem levantar o ego, porque não, não quero mesmo...! Além do mais, creio que seja uma tarefa impossível. Talvez a dor me alimente, não sei, talvez goste de arranhar esta ferida constantemente. Existem sempre coisas que servem de ligação, mas o que eu quero é o cerne da questão. Um fim absurdo.

1 comentário:

  1. não há chuva que perdure nem tristeza que não se cure ;)

    ResponderEliminar

Um comentário vale mais que mil palavras! Thanks :)